Oi Jean! Li seu comentário e me passou pela cabeça de qual seria o motivo ou os motivos para estarem assim? Mas penso que esta mulher que te perdoou precisa de todo carinho e amor que você pode dar a alguém. Então, leve ela para um lugar diferente, declare seu amor sempre, faça surpresas. Ela precisa sentir de você o amor que ela te dá pois o gesto de perdoar é raro! Valorize a mulher que tem!!
Eu não tenho fobia com ex, ao menos não com uma ex que tenha sido bem vivida, bem curtida. Fico mais apreensiva em relação àquelas que podem vir a ser casos passageiros, aventurazinhas bobas, mas que podem surpreender. Não temo fantasmas, temo gente bem viva, bem acordada, oferecendo novidades, fantasias. Ex é um direito adquirido. Chegou antes. Tem privilégios. Merece respeito. E se seu grande amor cair nessa armadilha, terminar com você e voltar para o passado, relaxe, não se apavore. Será sua vez de assombrar. A ex agora é você.

Cuidado: tem falsificadores que se aproveitam do sucesso do Frases da Conquista para ganhar dinheiro ilegalmente vendendo o Frases da Conquista, não caia nessa armadilha, sempre compre no site oficial: http://thaisortins.com.br/. Qualquer outro site, inclusive mercado livre e outros vendem produtos falsificados e podem acabar te fazendo mau à saúde.


Você pode não ser um médico, mas salvou minha vida, eu estou num relacionamento que as pessoas dizem ser de “porta de escola” mas tem muito amor envolvido e realmente, eu e ele somos muito imaturos pra namorarmos e começamos a namorar há uns 8 meses, nos últimos dois meses estamos numa bola de neve e quase chegando no fim da montanha, devo confessar que cheguei aqui e sinto que as coisas podem voltar a escalar a montanha ao invés de descer, muito obrigado mesmo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Compartilhem as suas inseguranças. Reflita se há vergonha no relacionamento. Você e o seu parceiro podem se envergonhar de algum comportamento, ou um dos dois pode tentar envergonhar o outro em uma briga. Esforce-se ao máximo para manter a humilhação fora do relacionamento. Se houver esse sentimento, fale com o parceiro. A culpa e a vergonha não motivam o comportamento positivo nem incentivam mudanças.[15]
Você não precisa ligar e informar o seu ex. Lembre-se: você está solteira. O intuito disso é só que você perceba que sua vida não acabou. Vários dos melhores especialistas garantem que essa técnica de ter um encontro com outro rapaz, de baixar aplicativo de paquera e tudo mais, é ótima para construir uma autoconfiança muito sólida. Além disso, ocupará a sua mente em algo que não seja o seu ex.
Oi.meu ex terminou cmg há 2 meses. Temos um filho juntos. Ele vem sempre ver o bebê o q dificulta eu me afastar. Um dia eu falei pra ele q a gnt n ia se ver mais pq iríamos ter uma recaída e quando ele viesse ver o nosso filho eu ia mandar outra pessoa entregalo, fiquei sabendo q ele entrou em desespero.! Ele olha pra mim diferente, sempre puxa mt assunto quando vem aqui em casa.estou deixando ele pr lá. Mais ainda gst mt dele e sinto q ele tbm gst d mim.
Seja esperta e use todos os recursos possíveis para esnobar, fazer ciúmes e mostrar a ele que você é muito melhor do que isso. Evite falar com o ex por iniciativa própria, mas seja simpática se for procurada. Mesmo que ele venha atrás, não entregue que ainda gosta e quer voltar, pois isso poderá tirar o interesse dele. Seja misteriosa, não deixe que ele saiba as suas reais intenções. O principal é que você se torne uma incógnita na cabeça dele, pois esse processo irá recuperar o interesse em entender o que você pensa e o que sente.
Sair da rotina pode ajudar a tirar o relacionamento da crise. Às vezes, na zona de conforto, acabamos indo sempre nos mesmos lugares e fazendo as mesmas coisas e, assim, o tédio chega. Pense, então, nos passeios que você e seu par nunca fizeram, nas comidas que nunca comeram, nos shows que nunca assistiram. As novidades podem fazer vocês verem como ainda têm muito a descobrir juntos e reacender aquele sentimento que os fizeram construir essa relação.
Expresse seus sentimentos. Livre-se do hábito de culpar o outro por tudo, o que pode deixá-lo na defensiva. É diferente falar: “Estou muito chateado por não ter visto você na festa ontem” e “Por que você não foi na festa ontem? Onde você se meteu?” Em vez de colocar o foco na outra pessoa, concentre-se em você. Seja dono dos seus sentimentos e expresse-os com honestidade na conversa. Pode parecer mais natural culpar ou acusar o outro, mas mantenha o foco em você e nos seus sentimentos.[9] 
×