a minha história não e das melhores tudo começou no Colégio , logo no primeiro mês de aula não tinha me interessado em ninguém, mais passando 2 semanas essa menina chegou na sala ja foi aquele olhar e me passou uma grande atração, ela foi direto sentar perto de mim, ela usava óculos e neste dia estava sem me pediu para copiar para ela copiei e começamos uma amizade , eu gostando dela , e cheguei nela ela n quis ai fui partir para outra ela atrapalhou meu esquema não intendi no momento o porque , mais era ciúme de mim..fui tentando e nada um dia me deu um bjo ..insisti depois e nada ai desisti arrumei uma mina fiquei uns tempo , e não tinha interesse serio c a outra eu gostava dela..foi que im dia aconteceu umas das piores coisas a mãe dela era solteira pedi o número e em um dia qualquer chamei a mãe dela para sai, saímos e ficamos uns 5 dias juntos depois que ela viu isto não sei o que aconteceu ela me mandou uma msg no zap, que era para mim ir na casa dela fui e ela falow que gostava de mim , não pensei 2 veses terminei com a mãe dela e fiquei com ela uns dias depois , ai depois disso passou uns 2 dias chamei para vim na minha casa e nesse dia ela dormiu e me pediu em namoro eu aceitei pra mim estava acontecendo a melhor coisa da minha vida , a mãe dela mandou embora de casa e ela ficou n minha casa mais de um mês agente so se amando , resolvemos morar junto , com uns 6 meses a uns 9 meses junto apareceu uma proposita de ir para Europa fui e ela ficou , para ir depois depois de uns 3 meses la ela não quiz ir mais e fiquei so mais 3 meses e voltei por ela ..ficamos mais 3 meses juntos e começou um inferno da mãe dela nas nossas vidas , mostrou um vídeo que tinha feito a tempo para ela ,falando que eu vivia mandando msg pra ela chegamos ao fim de um relacionamento de quase 2 anos por algumas pessoas que fazem de tudo para não te ver feliz, pois mano e mano se quer ser feliz guarda seu relacionamento a 2 muitos querem te ver bem , mais nunca melhores do que eles!
E agora vem a parte dos agradecimentos: Obrigada, por me ensinar a viver sem você, a viver sem algo que eu achava que era insubstituível, mas se tornou substituível, não porque quis te trocar, mas sim porque fui obrigada a fazer isso, obrigada por me dar a escuridão, e perceber que nela encontrava o meu refúgio. Obrigada por ter me dado de novo a angústia de ter mais uma perda, e perceber que elas são necessárias. Obrigada por escolher me deixar quando era a última coisa que você dizia que ia fazer. Obrigada por ter prometido ficar comigo, e ter ido embora. Obrigada por fazer eu me tornar mais forte, e capaz de enfrentar o mundo.
×