O Gabriel Vilela, que como eu disse, criou um método revolucionário mundo a fora de como reconquistar um ex, afirma que sim. E se você quer aprender com quem realmente pode te ajudar a voltar com o ex, CLIQUE AQUI porque ele já fez mais de 60 leitoras do UNIDAS DA FOSSA a recomeçarem com seus ex. Você pode ver os comentários positivos delas e as resenhas lá no nosso grupo do Facebook ou nos comentários dos vídeos no Youtube.
Eu nunca menti. Eu nunca enganei. Você me culpou por tudo e até por coisas que não fiz. Mas você pode me culpar o quanto quiser, meus ombros têm força de sobra, porque finalmente estou livre de você. Agora eu posso viver a vida do jeito que eu quero. Sem você, posso finalmente devolver minha vida a Deus, pois não tenho mais ninguém para agradar além de mim e meu criador. Eu posso ser melhor eu sem você.
Você deve ter percebido que aqui no UNIDAS DA FOSSA tem muito conteúdo para superar o ex e seguir em frente, né? Se precisar, você também pode conversar comigo. Quer bater um papo? Inscreva-se aqui em “Consultoria Amorosa”, apoie o UNIDAS para que ele não acabe e nem morra – já que não temos nenhuma ajuda de propaganda e publicidade – e desabafe comigo. Você vai esquecer ele rapidinho. Juntas somos mais fortes.
Este artigo foi escrito em parceria com Allen Wagner, MFT. Allen Wagner é um terapeuta de casais e de família em Los Ângeles, Califórnia. Concluiu seu Mestrado em Psicologia na Pepperdine University em 2004. Sua especialidade é encontrar maneiras de melhorar o relacionamento de indivíduos e casais. Escreveu, em coautoria com sua esposa, Talia Wagner, o livro Married Roommates.
Oi Jean! Li seu comentário e me passou pela cabeça de qual seria o motivo ou os motivos para estarem assim? Mas penso que esta mulher que te perdoou precisa de todo carinho e amor que você pode dar a alguém. Então, leve ela para um lugar diferente, declare seu amor sempre, faça surpresas. Ela precisa sentir de você o amor que ela te dá pois o gesto de perdoar é raro! Valorize a mulher que tem!!

Você pode não ser um médico, mas salvou minha vida, eu estou num relacionamento que as pessoas dizem ser de “porta de escola” mas tem muito amor envolvido e realmente, eu e ele somos muito imaturos pra namorarmos e começamos a namorar há uns 8 meses, nos últimos dois meses estamos numa bola de neve e quase chegando no fim da montanha, devo confessar que cheguei aqui e sinto que as coisas podem voltar a escalar a montanha ao invés de descer, muito obrigado mesmo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Alguma parte de mim sentiu a perda. Alguma parte de mim viu os pontos positivos. Alguma parte de mim viu as coisas que faltavam. Alguma parte de mim tinha perguntas não respondidas. No geral, não foi um sentimento feliz. Eu não tenho sentimentos e tudo morreu devagar. Mas nós merecemos tal ódio para alguém que se importasse mais. Eu não acho que valeu a pena. Eu sempre senti que vamos trabalhar em soluções. Eu estava tendo um tempo difícil para equilibrar as emoções. Espero que você esteja bem na sua vida. Algum dia, quando você quiser limpar o ar e fazer a paz entre nós, fique à vontade para me ligar.

Agora é o momento de você mostrar a ele o que perdeu e esta parte precisa ser bem feita, pois é a mais importante do processo. Se você tiver oportunidade de encontrá-lo, capriche no visual e na maquiagem, deixe que ele observe como você está linda e feliz, mesmo solteira. Se o menino achar que você simplesmente não precisa mais dele, irá sentir-se rejeitado e o jogo vai virar ao seu favor.
Passem algum tempo restabelecendo a conexão. Quando começamos a namorar, passamos muitas horas conversando com a outra pessoa e descobrindo do que ela gosta — nós falamos sobre medos, interesses, coisas que amamos e coisas que detestamos. Porém, nos relacionamentos de longa data, esses diálogos podem desaparecer completamente. Nesse caso, você precisará fazer um esforço consciente para reservar tempo para conversar com a pessoa amada diariamente, reconstruindo o vínculo. Todos os dias, separe um momento a dois para ter conversas mais profundas, indo além dos problemas cotidianos.[22]
Eu nunca menti. Eu nunca enganei. Você me culpou por tudo e até por coisas que não fiz. Mas você pode me culpar o quanto quiser, meus ombros têm força de sobra, porque finalmente estou livre de você. Agora eu posso viver a vida do jeito que eu quero. Sem você, posso finalmente devolver minha vida a Deus, pois não tenho mais ninguém para agradar além de mim e meu criador. Eu posso ser melhor eu sem você.

Muito obrigado pela análise que fizeram da minha situação – fiquei muito surpreendida da precisão da avaliação do comportamento e caráter de J. Para mim foi muito importante, nessa situação tão difícil, de obter um conselho profissional já que a maioria dos meus amigos com os quais tenho conversado sobre minha separação, realmente não puderam ajudar. Não culpo a ninguém somente penso que nenhum dos meus amigos tiveram que passar por uma situação parecida com a minha com circunstancias similares...
Você precisa ser forte na arte da reconquista, pois mascarar os reais sentimentos para recuperar o amado será uma tarefa difícil e exigirá muito autocontrole. É necessário fazer o possível para realmente sentir-se bem, sair da depressão e ter motivação para seguir com o plano. Se tiver oportunidade de encontrar o ex, este provavelmente será o momento mais complicado, pois você não poderá ter nenhuma recaída sentimental.
×