Este artigo foi escrito em parceria com Allen Wagner, MFT. Allen Wagner é um terapeuta de casais e de família em Los Ângeles, Califórnia. Concluiu seu Mestrado em Psicologia na Pepperdine University em 2004. Sua especialidade é encontrar maneiras de melhorar o relacionamento de indivíduos e casais. Escreveu, em coautoria com sua esposa, Talia Wagner, o livro Married Roommates.

Você não precisa mudar a si mesmo como seu parceiro deseja. Pelo contrário, o seu parceiro não precisa. No entanto, alterar-se como você acha que é melhor também contribui para resolver os problemas existentes, bem como ajuda você a ser aceito com mais facilidade. Além disso, o seu parceiro deve implementar algumas mudanças que são úteis para a fixação e permanecendo a relação.
E agora vem a parte dos agradecimentos: Obrigada, por me ensinar a viver sem você, a viver sem algo que eu achava que era insubstituível, mas se tornou substituível, não porque quis te trocar, mas sim porque fui obrigada a fazer isso, obrigada por me dar a escuridão, e perceber que nela encontrava o meu refúgio. Obrigada por ter me dado de novo a angústia de ter mais uma perda, e perceber que elas são necessárias. Obrigada por escolher me deixar quando era a última coisa que você dizia que ia fazer. Obrigada por ter prometido ficar comigo, e ter ido embora. Obrigada por fazer eu me tornar mais forte, e capaz de enfrentar o mundo.
×